Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

A ternura dos oitenta

Um casal de velhotes está deitado na cama. A esposa não está satisfeita com a distância que há entre eles e lembra:

 

– Quando éramos jovens, costumavas dar-me a mão, na cama.

Ele hesita e depois de um breve momento, estica o braço e dá-lhe a mão.

Ela não fica satisfeita:

– Quando éramos jovens, costumavas ficar bem encostado a mim…

Resmungando um pouco, ele vira o corpo com dificuldade e aconchega-se junto a ela, da melhor maneira possível.

Ela continua:

– Quando éramos jovens, costumavas dar dentadinhas na minha orelha…

Ele solta um longo suspiro, afasta os cobertores para o lado e sai da cama.

Ela sente-se ofendida e grita:

– Aonde é que vais?

– Buscar a dentadura, velha chata!!!

Leão exemplar.

O dono de um circo colocou um anúncio procurando um domador de leão.

 

Apareceram 2 pessoas:

um senhor de boa aparência, aposentado, beirando 70 anos, e uma loura espetacular de 25 anos.

O dono do circo fala com os 2 candidatos e diz:

– Eu vou directo ao assunto. O meu leão é extremamente feroz e matou os meus dois últimos domadores. Ou vocês são realmente bons, ou não vão durar 1 minuto! Aqui está o equipamento – banquinho, chicote e pistola. Quem quer entrar primeiro?

Diz a loura:

– Vou eu!

Ela ignora o banquinho, o chicote e a pistola e entra rapidamente na jaula. O leão ruge e começa a correr na direcção da loura. Quando falta um metro para ser alcançada, a loura abre o vestido e fica toda nua, mostrando todo o esplendor do seu corpo. O leão pára como se tivesse sido fulminado por um raio! Ele deita-se na frente da loura e começa a lamber-lhe os pés! Pouco a pouco, vai subindo e lambe o corpo inteiro da loura durante longos minutos!

O dono do circo, com o queixo caído até ao chão diz:

– Eu nunca vi nada assim na minha vida!

Vira-se para o velhinho e pergunta:

– Você consegue fazer a mesma coisa?

E o velhinho responde:

– Claro! É só tirar de lá o leão…

O velhinho e a prostituta.

Um velhinho caminhava tranquilamente quando passa em frente a uma casa de meninas, uma prostituta grita:

- Olá avozinho! Por que não experimenta?

O velhinho responde:

- Não, filha, já não posso!

A prostituta pensando que podia ganhar alguma coisinha:

- Ânimo com isso! Venha, vamos tentar…

O velhinho entra e funciona como um jovem de 25 anos… 3 vezes e sem descanso.

- Elahhh! – diz espantada a prostituta – E ainda diz que já não pode mais?!

E velhinho responde:

- Ahhh, o sexo eu posso, o que não posso é pagar!

Gestão aplicada

Um jovem desempregado e com dificuldades, resolveu ser prostituto.

 

Colocou uma placa na frente de sua casa que dizia:

SEXO

NA CAMA: 100,00 euros

NO SOFÁ: 50,00 euros

NO CHÃO: 25,00 euros

Uma velhinha que passava por lá viu e correu para casa, partiu o mealheiro e foi ter com o jovem.

Chegando lá ele conta e são 100 euros. O jovem olha para ela e diz:

- Maluquinha, quer na cama então?

- Não seja burro meu filho… Eu quero é 4 vezes no chão.

Já não é como antigamente

Um casal está comemorando o 60º aniversário de casamento, com um jantar num pequeno restaurante no campo.

 

O marido inclina-se e pergunta à esposa:

- Querida, lembras-te da nossa primeira vez, há sessenta anos atrás? Nós fomos para a parte de trás do restaurante, tu apoiaste-te na cerca e…

- Eu lembro-me e muito bem. – responde ela.

- Então o que é que achas de repetirmos agora, em louvor aos velhos tempos?

- Oh, parece-me uma óptima ideia!

Um policia sentado ao lado ouve a conversa e pensa:

- Esta é que eu não posso perder: Tenho que ver os velhos a fazer sexo, lá na cerca.

Eles saem e caminham até lá, apoiando-se um ao outro, ajudados por bengalas. Chegados à cerca, a velha senhora ergue a saia, tira as cuecas, o velhote baixa as calças.

Ela agarra-se na cerca e começam a fazer sexo. De repente, dão azo ao sexo mais furioso que o policia já tinha visto na vida.

Repetem dezenas de vezes.

Ela grita, ele agarra os quadris dela, furiosamente.

O sexo mais atlético possível e imaginável. Finalmente caem exaustos no chão e depois de mais de meia hora deitados a recuperar, os dois levantam-se, apanham as roupas espalhadas e vestem-se.

O policia, ainda perplexo, toma coragem, aproxima-se do casal e pergunta:

- Vocês devem ter tido uma vida fantástica! Como é que conseguem? Qual é o segredo dessa performance ideal?

- O velhinho com os cabelos assanhados e cara de estar noutro mundo responde :

- Sei lá… Há sessenta anos atrás esta cerca não era electrificada

Piercings celestiais

Uma velhota morre e ascende ao céu. Encontrando-se com S. Pedro repara que há duas portas, uma azul outra vermelha, e logo o questiona para saber o que eram.

 

S. Pedro diz-lhe que a porta azul dava entrada no céu e a vermelha ao inferno. Nisto por detrás da porta azul, ouve-se um berbequim a trabalhar e uma enorme gritaria.

Pergunta a velha ao S. Pedro o que se passaria, ao que ele responde: ” Nada de especial, estamos apenas a abrir uns buracos nas costas do homem que chegou antes de si, para lhe colocar as asas.” A velhota fica indecisa e logo de seguida, novo trabalhar do berbequim e mais gritaria.

Pergunta ela, e agora que estão a fazer? Como resposta ele diz-lhe: ” Nada especial, agora estamos a abrir uns buracos na cabeça, para pôr a auréola”.

Diz a velha: ” Já decidi, vou para o inferno!”.

S.Pedro responde-lhe: ” Mas minha senhora, o Diabo tem a mania de violar todas as mulheres que lá entram.

Diz ela: “Quero lá eu saber, pelos menos os buracos, já estão feitos”.

A frase do ano...

pelo oncologista Brasileiro Drauzio Varella 

 

“No mundo actual, investe-se cinco vezes mais em medicamentos para a virilidade masculina e silicones para as mulheres do que na cura do Alzheimer. Daqui a alguns anos, teremos velhas de mamas grandes e velhos com pénis duro, mas nenhum se recordará para que servem”.

A mim ninguém me cala.

Num tribunal de uma pequena cidade, o advogado de acusação chamou a sua primeira testemunha; uma velhinha de idade avançada e avó.

Aproximou-se da testemunha e perguntou:
“Srª Ermelinda, a senhora conhece-me?”
resposta: -Claro que te conheço. Conheço-te desde pequenino e, francamente, desiludiste-me. Mentes descaradamente, enganas a tua mulher, manipulas as pessoas e falas mal delas pelas costas. Julgas que és uma grande personalidade quando nem sequer tens inteligência suficiente nem para ser varredor. Claro que te conheço.

O advogado ficou branco, sem saber que fazer. Depois de pensar um pouco; apontou para o outro extremo da sala e perguntou: – Srª Ermelinda conhece o defensor oficioso?

Responde a velhinha:
-Claro que sim. Também o conheço desde a infância. É frouxo, tem problemas com a bebida, não consegue ter uma relação normal com ninguém e na qualidade de advogado bem, aí……é um dos piores que já vi. Não esqueço também de mencionar que engana a mulher com três mulheres diferentes, uma das quais, curiosamente, é a tua mulher. Sim, conheço-o. Claro que sim.

-O defensor ficou em estado de choque.
O juiz, então, pediu a ambos os advogados que se aproximassem do estrado e com uma voz muito ténue diz-lhes:

-Se a algum dos dois ocorrer perguntar à puta da velha se me conhece juro-vos que Vão todos presos.