Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Aos 83 anos é obra!

O idoso ajoelha-se no confessionário e diz ao padre:
– Padre, eu tenho 83 anos e amiguei-me com uma linda menina de vinte e poucos anos…
– Sim, meu filho, continue – diz o padre
– Não é, senhor padre, que a menina é o fogo em pessoa e eu, com 83 anos, sou forçado a dar 3 assistências por noite! Três!!
– Pois é, meu meu filho, isso tem de merecer arrependimento. Reze dez ave-marias e cinco padre-nossos.
– Calma lá padre, não rezo nada disso, é que eu sou judeu!
– Como é? É judeu? Então, porque raio está aqui a contar a sua história, não é para de penitenciar?
– Claro que não, eu estou a contar isto para toda a gente, achei por bem contar-lhe a si também!

Exame periódico.

Um Alentejano vem à capital para um exame periódico de saúde.

- Você bebe?

- Dois ou três copos de vinho às refeições e um uisquinho à noite

- Fuma?

- Dois charutos por dia.

- E quanto a sexo?

- Duas ou três vezes por mês.

- Sóóóóóó !?!?!? Com a sua idade e a sua saúde? Mais velho sou eu e chega a ser duas a três vezes por semana.

- Poixxxx ... só que vossemecê é médico em Lisboa e eu sou padre em Aljustrel

Gravidez milagrosa.

Uma solteirona descobre que uma amiga ficou grávida com apenas uma oração que fez na igreja de uma aldeia próxima.

Dias depois, a solteirona foi a essa igreja e disse ao padre:

- Bom dia, padre.

- Bom dia, minha filha. Em que posso ajudá-la?

- Sabe, padre, eu soube que uma amiga minha veio aqui há umas semanas atrás e ficou grávida só com uma Ave-Maria. É verdade, padre?

- Não, minha filha, não foi com uma Ave-Maria... foi com um padre nosso... mas ele já foi transferido!

Céu ou inferno?

O velhinho, está no hospital, nas últimas…..

O padre está ao seu lado para dar-lhe a extrema-unção.

Ele lhe diz ao ouvido:

- Antes de morrer, reafirme a sua fé em nosso Senhor Jesus Cristo e renegue o Demónio.

Mas o velhinho fica quieto..

Ao que o padre insiste:

- Antes de morrer, reafirme a sua fé em nosso Senhor Jesus Cristo e renegue o Demónio.

E o velhinho….. nada.

Então o padre pergunta:

- Por que é que o senhor não quer renegar o Demónio?

O velhinho responde:

- Enquanto eu não souber pra onde vou, não quero ficar de mal com ninguém!

Cuidado com as orações.

Uma solteirona descobre que uma amiga ficou grávida com apenas uma oração que fez na igreja de uma aldeia próxima..

Dias depois, a solteirona foi a essa igreja e disse ao padre:

- Bom dia, padre.

- Bom dia, minha filha. Em que posso ajudá-la?

- Sabe, padre, eu soube que uma amiga minha veio aqui há umas semanas atrás e ficou grávida só com uma Ave-Maria. É verdade, padre?

- Não, minha filha, não foi com uma Ave-Maria... foi com um padre nosso... mas ele já foi transferido!

Dia de banho

Era sábado, dia do banho do padre João.

 

A jovem irmã Madalena já havia preparado a água e as toalhas, exactamente como o velho padre gostava. Irmã Madalena foi também instruída para não olhar para o corpo nu do padre, e fazer apenas o que ele lhe pedisse. E rezasse…

Na manhã seguinte, a madre superiora perguntou à irmã Madalena se o banho havia decorrido bem.

- Ah! Madre – disse irmã Madalena – eu fui salva!

- Salva? Como assim? – Perguntou a madre superiora.

- Bom, quando o padre João estava todo ensaboado, ele pediu-me para enxaguá-lo. Enquanto eu estava tirando o sabão, ele guiou a minha mão para o meio das suas pernas, onde ele disse que Deus guarda a chave do paraíso. Então, ele disse que se aquela chave coubesse na minha fechadura, os portões do paraíso se abririam para mim e eu teria a salvação e a paz eterna. Nisso, o padre João colocou a chave do paraíso na minha fechadura.

Primeiro foi uma dor horrível, mas o padre disse que o caminho da salvação é mesmo doloroso, e que a glória do senhor iria encher o meu coração de êxtase. Assim foi, eu fui salva!

- Aldrabão!!! – Berrou, furiosa, a madre superiora – Há mais de trinta anos que ele me diz que aquilo é um apito para chamar os anjos…

O Padre e a Beata.

A beata e piedosa Mª Antónia ia pela rua quando se cruzou com o sacerdote maduro.

 

O padre disse-lhe:

- “Bom dia. Por acaso você não é a Mª Antónia, a quem casei já há dois anos na minha antiga diocese?”

Ela respondeu:

- “Efectivamente, Padre, sou eu”.

O sacerdote perguntou:

- Mas não me lembro de ter baptizado um filho seu. Não teve nenhum?”

Ela respondeu:

- “Não Padre, ainda não.”

O padre disse:

- “Bem, na próxima semana viajo para Roma. Por isso se você quiser, acendo lá uma vela por si e seu marido, para que recebam a bênção de poder ter filhos.”

Ela respondeu:

- “Oh Padre, muito obrigada, ficamos ambos muito gratos.”

Alguns anos mais tarde encontraram-se novamente. O sacerdote ancião perguntou:

- “Bom dia Mª Antónia. Como está agora? Já teve filhos?”

Ela respondeu:

- “Oh, sim Padre, 3 pares de gémeos e mais 4. No total são 10!”

Disse o padre:

- Bendito seja o Senhor. Que maravilha. E onde está o seu marido?

- Vai a caminho de Roma, para ver se apaga a p###a da vela!!

Doença rara

Havia um rapaz de uma pequena aldeia que um dia arranjou uma namorada, casou, ela engravidou e ao fim de 9 meses, não saiu nada, só vento, ele fez vários exames e os médicos detectaram uma doença rara,em vez de produzir esperma, produzia apenas ar.

 

A noticia rapidamente SE espalhou pela aldeia, começou a ser gozado e a chamarem-lhe o Zé Ventinho.

Farto deste gozo um dia vai à igreja falar com o padre da aldeia, a explicar a sua tristeza e raiva por toda esta situação, ameaçando mesmo de um dia dar um tiro em alguém

O padre acalmou-o, disse-lhe para ter calma, para não responder a provocações e assim as pessoas iam esquecer e parar de gozá-lo. Ele aceitou os conselhos, saiu da igreja e imediatamente ouve-se 2 tiros, o padre vem a correr à porta e depara-se com um homem morto na estrada e uma bicicleta caída ao seu lado.

O padre ao ver tal horrendo cenário, pergunta-lhe:

- Que fizeste meu filho, mataste um homem, estragaste a tua vida, porque não ouviste as minhas palavras à 5 minutos?

e ele:

Sr. padre, que me chamem Zé ventinho ainda vá que não vá… mas pedirem-me a gaita para encher as rodas da bicicleta é que eu já não admito…

Jantar de despedida

No jantar de despedida, depois de 25 anos de trabalho à frente da paróquia, o padre discursa:

 

- A primeira impressão que tive desta paróquia foi com a primeira confissão que ouvi. A pessoa confessou ter roubado um aparelho de TV, dinheiro dos seus pais, a empresa onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com as esposas dos amigos. Também se dedicava ao tráfico de drogas e havia transmitido uma doença venérea à própria irmã. Fiquei assustadíssimo. Com o passar do tempo, entretanto, conheci uma paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com sua fé.

Atrasado, chegou então o Presidente da Câmara para prestar uma homenagem ao Padre. Pediu desculpas pelo atraso e começou o discurso:

- Nunca vou esquecer o dia em que o Padre chegou à nossa paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a me confessar.

Seguiu-se um silêncio assustador…


Moral da história: Nunca te atrases e se o fizeres, fica de boca fechada.

Problemas de visão

O padre, já reformado, foi rezar uma missa, ao fim de muitos anos sem celebrar.

 

O homem já tinha a vista muito fraca e o sacristão fica próximo dele, para o que der e vier.

O padre abre o livro e começa a ler alto para os fiéis:

- 700 nonos!

O sacristão diz-lhe:

- Senhor padre, leia mais de perto!

O padre aproxima-se mais do livro e diz:

- 70 nonos!

- Ó senhor padre, chegue-se mais!

O padre pega no livro, põe-no perto da cara e diz:

- 7 monos!

- Senhor padre, mais!

O padre já está meio aflito, junta ainda mais o livro à cara e diz, calmamente:

- Ah… Sentemo-nos!