Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Papagaio curioso.

 O casal comprou um papagaio durante a lua-de-mel que foi deixado no quarto do hotel. Evidentemente, o papagaio não podia deixar de fazer seus comentários sobre a performance dos noivos na cama. Chega uma hora em que o marido não aguenta mais, pega uma toalha no WC, atira por cima da gaiola e avisa:

– Ou ficas quieto ou mando-te amanhã para o zoológico! Na manhã seguinte, eles arrumam as malas para voltar para casa. A mala maior, repleta de bugigangas que compraram na viagem, não consegue fechar.
O noivo diz:
– Querida, ficas por cima e eu tento. Vamos ver se dá certo.
– Não deu certo. Talvez fosse necessário um pouco mais de peso.
O noivo então diz:
– Querida, agora eu fico por cima e tu ajudas.
– Também não dá certo.
Ele então diz:
– Agora vamos tentar os dois em cima.
Nesse ponto o papagaio não aguenta e exclama:
– Estou-me a lixar pro zoológico. Mas isso eu quero ver!

Acerto de contas!

A filha de pais separados faz 18 anos e o pai está todo feliz por emitir o último cheque da pensão que paga à ex-mulher.
Então ele encontra com a filha, faz o cheque e pede que ela lhe conte a cara da mãe, ao dizer-lhe que é o último cheque que ela verá da parte dele.
A filha entrega o cheque à mãe e volta para a casa do pai para lhe dar a resposta.
– Diga filha, qual foi a reação dela? – pergunta ele, curioso.
– Nenhuma, ela só mandou dizer que você não é o meu pai.

Escolhas difíceis.

Ela:
– Tu já não gostas de mim!
Ele:
– Estás nervosa. Porque não vais comprar alguma coisa para te sentires melhor?
Ela:
– O quê?
Ele:
– Que tal uma viagem pela Europa?
Ela:
– Não.
Ele:
– Que tal um novo Mercedes?
Ela:
– Não.
Ele:
– Então o que queres?
Ela:
– O divórcio:
Ele (pausa):
– Não estava a pensar gastar tanto dinheiro.

Quanto impotente se pode ser?

Duas amigas que já não se viam há muito tempo, encontram-se e põem a conversa em dia:

 

– Então Maria como vais? Está tudo bem contigo?

– Tudo bem?… mas o meu marido está com um grande problema…

– Que problema???

– Sabes, ele está impotente a 300%…

– A 300%???… essa é nova para mim… eu só conheço, no máximo, a 100%!

– Oh! A 100% já ele está há muito tempo… mas agora entalou os dedos numa porta… e para agravar a situação… hoje queimou a língua na sopa a ferver!!!

Verdades que podem magoar.

Um idoso rico, com cerca de 80 anos, casa com uma jovem de vinte e tal, e na grande festa do seu casamento pergunta a um seu amigo:

 

- Então, como me vês aqui ao lado deste mulherão?

- Queres mesmo saber…pareces uma orelha de vaca.

- Orelha de vaca???

- Sim, longe do sexo e perto dos cornos!

Já não é como antigamente

Um casal está comemorando o 60º aniversário de casamento, com um jantar num pequeno restaurante no campo.

 

O marido inclina-se e pergunta à esposa:

- Querida, lembras-te da nossa primeira vez, há sessenta anos atrás? Nós fomos para a parte de trás do restaurante, tu apoiaste-te na cerca e…

- Eu lembro-me e muito bem. – responde ela.

- Então o que é que achas de repetirmos agora, em louvor aos velhos tempos?

- Oh, parece-me uma óptima ideia!

Um policia sentado ao lado ouve a conversa e pensa:

- Esta é que eu não posso perder: Tenho que ver os velhos a fazer sexo, lá na cerca.

Eles saem e caminham até lá, apoiando-se um ao outro, ajudados por bengalas. Chegados à cerca, a velha senhora ergue a saia, tira as cuecas, o velhote baixa as calças.

Ela agarra-se na cerca e começam a fazer sexo. De repente, dão azo ao sexo mais furioso que o policia já tinha visto na vida.

Repetem dezenas de vezes.

Ela grita, ele agarra os quadris dela, furiosamente.

O sexo mais atlético possível e imaginável. Finalmente caem exaustos no chão e depois de mais de meia hora deitados a recuperar, os dois levantam-se, apanham as roupas espalhadas e vestem-se.

O policia, ainda perplexo, toma coragem, aproxima-se do casal e pergunta:

- Vocês devem ter tido uma vida fantástica! Como é que conseguem? Qual é o segredo dessa performance ideal?

- O velhinho com os cabelos assanhados e cara de estar noutro mundo responde :

- Sei lá… Há sessenta anos atrás esta cerca não era electrificada

Só amor

Um casal de idosos fazia 65 anos de casados e foram a um restaurante festejar.

 

Diz o velhote :

- Minha Rainha, onde te queres sentar?

- Aqui, diz a velhota.

- Princesa, queres um aperitivo?

- Sim, obrigado.

- Meu anjo, o que te apetece comer?

Ela pede a ementa e faz o seu pedido.

- Meu doce, que vinho preferes?

O empregado mal podia acreditar no que ouvia.

A velhota vai ao WC e ele aproveita para falar com o velhinho:

- Como consegue chamar à sua esposa esses nomes tão lindos ao fim de tantos anos? Rainha, Princesa, Anjo, Doce… Estou verdadeiramente admirado.

O velhote olha o empregado nos olhos e responde:

- Sabe, é que não me consigo lembrar do nome da “gaja!”