Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Aos 83 anos é obra!

O idoso ajoelha-se no confessionário e diz ao padre:
– Padre, eu tenho 83 anos e amiguei-me com uma linda menina de vinte e poucos anos…
– Sim, meu filho, continue – diz o padre
– Não é, senhor padre, que a menina é o fogo em pessoa e eu, com 83 anos, sou forçado a dar 3 assistências por noite! Três!!
– Pois é, meu meu filho, isso tem de merecer arrependimento. Reze dez ave-marias e cinco padre-nossos.
– Calma lá padre, não rezo nada disso, é que eu sou judeu!
– Como é? É judeu? Então, porque raio está aqui a contar a sua história, não é para de penitenciar?
– Claro que não, eu estou a contar isto para toda a gente, achei por bem contar-lhe a si também!

Estátua de Adónis!

Uma mulher estava na cama com o amante, quando ouviu o marido a abrir a porta da frente.
“Rápido”  - disse ela - “põe-te em pé no hall do quarto”.
Ela esfregou-o todo com óleo de bebé e de seguida espalhou-lhe pó de talco por cima.
“Não te mexas enquanto eu não disser, haja o que houver -” disse ela - “Tens que fingir que és uma estátua.”
“O que é isto?” - perguntou o marido ao entrar no quarto.
“Ah, é a estátua” - responde ela - “Os Silvas compraram uma, eu gostei, e comprei também uma para nós.”
Nada mais foi dito, nem mesmo quando se foram deitar….
Por volta das 2 da manhã, o marido levantou-se foi a cozinha e voltou com uma sandes e uma cerveja.
“Toma” -disse ele para a estátua- “Eu estive assim dois dias em casa dos Silvas e ninguém me ofereceu porcaria nenhuma para comer.”

Encontro celestial!

Duas amigas encontram-se no céu e uma pergunta para a outra:

– Como morreste?

– Congelada.

– Ai que horror!!! Deve ter sido horrível! Como é morrer congelada?

– É péssimo: primeiro são os arrepios, depois as dores nos dedos das mãos e dos pés, tudo a congelar…. Mas, depois veio um sono muito forte e perdi a consciência.. E tu, como morreste?

– Eu? De ataque cardíaco. Eu estava desconfiada que o meu marido me traía. Um dia cheguei a casa mais cedo… Corri até ao quarto e ele estava na cama, calmamente a ver televisão.
Desconfiada, corro até à cave, para ver se encontrava alguma mulher escondida, mas não encontrei ninguém. Corri até ao segundo andar, mas também não vi ninguém. Subi até ao sótão e, ao subir as escadas, esbaforida, tive um ataque cardíaco e caí morta…

– És mesmo burra… Se tivesses procurado na arca congeladora, estaríamos ambas vivas!

Marido solidário.

A mulher chega a casa e encontra o marido na cama, com outra, 25 anos, bonita, com tudo no sítio, bronzeada, cheia de amor para dar.
Arma o maior escândalo, mas o marido interrompe-a:
- Antes deverias ouvir como tudo isto aconteceu:

Encontrei esta jovem na rua, maltrapilha, cansada e esfomeada. Então, com pena do estado dela, trouxe-a para casa.

Servi-lhe o jantar que tu não comeste no dia anterior com a mania das dietas….

Guardei o jantar no frigorífico, lembras-te?
Ela estava descalça e então dei-lhe aquele par de sapatos que, como foi a minha mãe que te deu, nunca usaste.

Ela estava com sede e eu servi-lhe aquele vinho que estava guardado...para aquele sábado que prometeste, mas que nunca chega... pois, dói-te a cabeça, estás cansada e tens muito que fazer.
As calças estavam rasgadas, dei-lhe aquele par de jeans quase novo...que ainda estava em perfeito estado, mas não te servia.
Como ela estava suja, aconselhei-a a tomar um banho.... no final, dei-lhe aquela perfume francês novinho que nunca usaste, porque não era a tua marca favorita.

Então, quando já estava sossegada, perguntou:
- Senhor, não tem mais nada que a sua esposa não use?
Nem respondi !!!!!!!
Dei-lhe logo !!!

Gato para todos os gostos.

Depois de passar a noite com a amante, o tipo entra em casa e percebe que está com um arranhão na cara. Ao ver o gato estendido no sofá, tem a brilhante ideia de dar um piparote no bichano, que solta um desesperado Miauuuuu!!!

A mulher acorda assustada e pergunta:

- Que barulho foi esse?

- Foi o estupor do gato! - responde o marido, fazendo uma cena - Entrei em casa e ele atirou-se a mim, arranhou-me!

- É verdade! - concorda a mulher - Este gato está impossível! Olha só o chupão que ele me deu no pescoço!