Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Centro de Anedotas

É um centro mas dos pequeninos...

Tudo é relativo.

Um homem entrou num Banco, foi ao caixa e disse:
"-Eu quero abrir a porra duma conta, na merda deste banco, se faxavor!"
A moça da caixa, estupefacta, perguntou:
"-O Sr. desculpe, mas acho que não ouvi bem o que disse? Não se importa, de
repetir?"
"-Bem, veja lá se ouve desta vez, carago! Eu disse, que quero abrir a porra
de uma conta, na merda deste banco!
"-Demora muito?"
 

Ela pediu licença, e foi contar a desagradável situação ao gerente, que
concordou, que ela não era obrigada a ouvir tal palavreado.
 

Dirigiu-se com ela ao balcão, e...
"-O Sr. importa-se de me dizer, o que se passa?  - Tem algum problema?"
"-Fosga-se, não há merda, de problema nenhum! Eu é que ganhei os 2 milhões
de contos no Euromilhões, e quero abrir a porra duma conta, na merda deste
banco. Fosga-se!"
"Ah! Percebo perfeitamente... e esta puta, está a complicar as coisas ao
Senhor Doutor, não é verdade?"

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.